Você já foi pego pelo Cavalo de Tróia? O Vírus?




Você já ouviu alguém comentar que o computador pegou um vírus chamado cavalo de Tróia? Esse nome te lembra de alguma coisa? Sim!! é isso mesmo que você pensou a “Guerra de Troia”, que aconteceu na Grécia Antiga, ande os Soldados estavam escondidos dentro de um nome cavalo de madeira,  pegando os atenienses de surpresa, sendo o seu resultado desastroso. Mas o que tenha haver essa pequena história com os vírus da informática? Tudo… O cavalo de troia ou Trojan é uma classe de vírus que incumba os códigos maliciosos e pegando o usuário de surpresa, bastando que abra e execute, fazendo assim, o estrago da mesma forma que em Troia na Grécia antiga.




Os vírus de computador são enorme dor de cabeça para os usuários, empresas e serviços que funcionam com o acesso à internet, muitas empresas perdem diariamente enormes quantidade de dados, por causa de pequeno vírus, muito deixam levar pelo conteúdo e a descrição do arquivo, que a principio é “inofensivo”, por exemplo: Os e-mails são a principal porta de acesso à entrada e proliferação de pragas virtuais, muitas das vezes os usuários desatentos, compartilham sem nem perceber que ali é um código malicioso e acaba na infecção de outros computadores e usuários.
O que acontece quando baixo e executo um cavalo de troia, o trojam ou outros vírus que estão sob demanda nas redes. A pessoa mal intencionada cria um pequeno Trojan (cavalo de troia) através de uma linguagem de programação “C C++, Pyton, Java, e tantas outas. Quando é emitido o comando para executar esse pequeno programa o código entra em ação da seguinte forma por exemplo:

Entre;
Procure as variáveis, (são a memória)
Execute o comando== infecte o sistema,
Busque esses dados: (exemplo-dados pessoais, endereço, ip, senhas etc.);
Salve em arquivo.txt= enviei esse dados para meu e-mail (no caso da pessoa mal intencionada)
Saída e fim da execução.




Percebam que esse exemplo  não é uma linguagem de programação, mas na sua execursão acontece mais ou menos assim que os vírus fazem quando infecta nossos sistemas, por isso, que é tão perigoso baixar arquivos, programas em outros  sites que não passam confiança, por simples motivo  que você não percebe essa execução, pois é feita em segundos.  Outra forma de infectar por trojan ou vírus são através dos links que são disponibilizados  de forma mascaradas por e-mails, correntes, arquivos  na tentativa de enganar os usuários.




links-de-sites-mascarados-que-leva-o-usurio-ao-virus-3-728

Pronto essa tela resume o que queira informar, sobre as mascaras que enganam os usuários, pois o nome que é visível no e-mail ou no endereço  não é o mesmo que eles direcionam o que acontece então? Imagine que alguém mal intencionado lhe envie uma mensagem com um link um tanto suspeito descrito “O melhor serviços de aluguel da região” isso é visível aos nossos olhos, pois é essa descrição ” inocente” que enxergamos mas quem nos garante que ao clicar nesse link ele me redirecionará para serviços de aligueis? Nenhuma!!!! Todo o cuidado ao analisar links falsos os vírus é pouco você precisa estar atento a todos os fatores de riscos para não cair em armadilhas.




Mas caso tenha clicado por desatento o que aconteceria? Muitos desses possuem comportamentos diferentes, pois a pessoa mal intencionada, antes de criar, planeja o que eles querem das suas vitimas, mas caso cai na armadilha, o que é comum acontecer? A primeira informação que a pessoa mal intencionada que é seu endereço de ip, ou seja, o endereço que serve para você se comunicar com a internet, ou seja, faz uma ligação entre Ip-provedor-servidor (ipv4 e ipv6), pois é fácil o cara mal intencionado te localizar, por isso nunca ente entrar em nenhum sistema, pois é fácil descobrir que invadiu, e você poderá responder por seus atos.




Depois o próprio vírus escarneia a sua máquina na tentativa de procurar dados “valiosos” como senhas salvas no computador, documentos pessoais, endereço residencial, renda familiar e tantos outros que o malfeitor pode adquiri. 3. Muitos vírus se comportam como uma máquina fotográfica esses vírus-trojan são chamados de keylooger, pois a sua principal função é tirar Screenshot (o famoso print) das suas vitimas e enviar para o e-mail do malfeitor. Repito muito cuidado o que você baixa ou instala em seu computador ou Smartphone, os sem você perceber pode alguém muito longe está visualizando as fotos das suas conversas ou outras informações. Não custa estar atento às pragas virtuais que estão à soltas no mundo virtual, todo o cuidado é pouco.




Claro que não vamos de viver as nossas vidas virtuais por causa das pragas virtuais ou criar uma Paranoia pensando que tudo é coisa ruim, é só preciso ficar atento às más intenções que existe na rede, nunca deixe de atualizar os programas no seu computador, passar o antivírus diariamente, fazer back-up dos seus arquivos, limpar seu computador diariamente você dificultará em muito o trabalho de pessoas mal intencionado. Valeu e até breve.




Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *