Ser ou Ter eis a questão!!




Ser ou ter eis a questão!

Questionando um geógrafo o que venha a ser globalização, o que será que ele te responderia? Com certeza ele diria que depende do seu ponto de vista kkk Ele provavelmente começaria a trazer alguns argumentos favoráveis que foi a partir dela que a tecnologia de ponta se tornou mais atrativa ao público comum e ao mesmo tempo referência como algo que oprime a sociedade aumenta a pobreza e etc., mas digitando sério, por que a globalização é uma faca de dois gumes? Bom! Estamos acostumados com a globalização a relação entre a técnica e a evolução tecnológica, certo? Que foi primordial para avançarmos na maioria dos setores que forma a nossa sociedade, mas com o passar do tempo essa mesma evolução está deixando um legado negativo em todos nós, crescemos em tecnologia e decrescemos no ponto de vista sociocultural. Mas por que chamamos de globalização? Por simples fato de construir um único formato de vida para as pessoas, segundo ela temos que viver padronizados da mesma forma que o mundo globalizado, me refiro aos países desenvolvidos, na qual cria-se a ideia de aldeia global. Um geografo diria que a globalização é um divisor de águas na qual separa as pessoas pelo recurso que este possui para a sociedade globalizada o status social se dar através do produto tecnológico que dispõe, ou seja, um usuário que possui um notebook de  (20 mil reais), é muito mais globalizado teria um status maior do que aquele que possui um notebook de marca com“ menor valor”, o que importa é a marca e não a eficiência do produto, vimos que isso ocorre em praticamente todos os produtos que dispõe da tecnologia de ponta, o  smartphones é essência disso é bastante notório essa prática, pois,   transcreve bem essas características, pelo simples fato de “marca” e não a eficiência como já foi dito. Vejamos o que você usuário “comum” procura quando vai comprar um computador ou smatphone? Marca ou produtividade? Lazer ou eficiência?





Penso que antes da marca faz se necessário observar alguns pontos que julgo importante: qualidade da câmera (tipo de lentes), Hardware (memória ram, memória cache, processador, placa de vídeo) e conforto, mas você pode comprar sem fazer uma pequena análise como está o dinheiro é seu, certo? Kkk é apenas um poste. Foi isso que a globalização fez com nós, estamos pensando pouco antes de tomar uma decisão de uma compra, claro que fazemos isso de forma muito rápida, pois a globalização está tornando a nossa vida rápido demais, já está acabando o semestre e nem percebemos que foi rápido, o que você fez de produtivo esse semestre? Comprou algo antes depois de uma boa análise? O que absorvemos da globalização nesses últimos trinta anos foram inúmeras descobertas e avanço e principalmente o consumismo de “marca”, infelizmente estamos cada vez mais padronizados com essa “cultura do consumismo”  constroem para você consumir num breve período e depois “jogar fora” pois estar usado e não é tão elegante para a sociedade me ver com algo desgastado, o que te faz detentor do julgamento alheiro é a tecnologia que você possui no momento em comparação com o outro,  por que a globalização quer que sejamos assim, roupas, aparelhos eletrodoméstico, eletroeletrônico foram feitos para serem usados, joga-se o velho fora e adquirido outro.  Lembro ao debatermos com os alunos do ensino fundamental sobre esse tema inúmeras vezes a primeira reflexão ou problemas que eles apontaram foi alto consumismo gerando grande quantidade de lixo no planeta, eles dão show quando a temática envolve o debate, devo concordar eles estão certíssimo, o acumulo de lixo é altíssimo ,devido a tal prática que fora citada logo acima,  tendo aqui na terra como no espaço, já parou e pensou algum instante  como é impressionante a quantidade de lixo espacial que temos no espaço? Entender a durabilidade do produto antes da compra é algo bastante interessante ao comprar um novo produto, quem pensa no produto no ato da compra sobre o seu desgastamento e qual vai ser o fim? É bem difícil mas temos que entender que   o desgastamento é algo comum, pois o produto velhinho, serve do mesmo jeito, te esquenta, te anima, torna a sua vida um “pouco melhor” por que se importar por que o seu produto está velho?




Outro ponto que gostaria de dialogar com você o que a globalização fez para a sua vida nesses últimos 30 anos ela tornou uma pessoa melhor ou deixou-a cinza sem vida? ficamos ao mesmo tempo  acomodamos com essa “vida melhor” (sou fruto disso)kkk é sério uma alto-critica numa postagem kkk. Na qual se refere a questão cultural penso que sofreu bastante com a globalização vivíamos antes na época do são joão arretado de bom sô !! Não era? Lembro que nessa época tudo era diferente estávamos bem animados, vivíamos a época com maior paixão, dizem que o São João é melhor época, mas…….não tenho tanta certeza disso, já foi uma melhor época hoje misturamos tudo, vou a mercado e que produto comprar? Milho, bolo, pé de moleque o que? Creio que as comidas típicas e danças não se perderam tanto, mas só que hoje há presença de inúmeras culturas fantásticas isso é bom? Por um lado claro, que sim, todos se divertem, mas você aí que está se preparando para a pre festa junina você notou alguma mudança? Percebeu que as nossas raízes estão se perdendo com o tempo, prova do carnaval e outras manifestações culturais que temos nos municípios e interior, muitos podem dizer ah! “O que vale é a diversão e pronto”! Tudo bem! Mas esse é meu jeito de ver as coisas, claro que não quero dizer que a globalização é um tragédia, que a cultura, os consumes, a vivencia, consumo bom e lazer vai deixar de existir, mas presumo que o passar do tempo deixaremos elas com certeza irão, e nos tornaremos cada vez mais padronizados como querem a “ aldeia global”, ainda bem que temos a chance de impedir, temos a livre escolhe de aceitar ou não alguma coisa, mas que sejamos sinceros com nós mesmos que uma roupa, um smartphone ou notebook não te faz mais ou menos humanos do que outros, deixaremos de ser cada vez cinzas e faremos esse mundo sorrir novamente ações é o que importa o mundo é nosso temos a obrigação de gerenciar bem ele, exploramos tanto nossa terra com e nunca retribuímos com nada. Valeu!!!




Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *