O sentimento que gera em você?

Ei, você costuma assistir filmes de terror? Não? Porquê? Os filmes de terror sempre foram uma espécie de tormento para algumas pessoas que ficam desesperadas por cenas de espirito e outras, mas por que sentimos medo algo que é fictício? Temos a convicção que tudo que passa na tela é mentira e muitas propagandas que trazem no título: Baseado em fatos reais não é totalmente verdade, fiz algum tempo atrás uma pequena postagem o que podemos retirar de “bom” dos filmes de terror e comparar com a Geografia, não sei como consegui identificar alguns pontos relevantes nessas duas relações: clima, urbanização, vegetação, relevo, tendências, tecnologia e outras coisas mais, te convido a lê-lo novamente. Em alguns estudos publicados em várias áreas e em diferentes ciências aponta inúmeras realizações ao medo e uma dessas pesquisas trazem o “medo como uns fenômenos histórico”, ou seja, nós herdamos essa sensação desde os primórdios da nossa civilização, o celebro aprendeu até medo. Desde sempre carregamos isso em toda a nossa jornada de vida.




Atualmente a diferentes tipos de medo psicopatológicos, medo real, medo sem causa aparente e outros.  O que falar no ano de 1976 nos Estados Unidos quando estreou o tão aclamado filme de Terror do William Bletter, O Exorcista com pouco recurso tecnológico o filme causou inúmeras perturbações mentais aos presentes no cinema, com cenas “fortes” e uma temática nunca vista no cinema mundial, as pessoas entraram em histeria coletiva, e passaram muito tempo até superar desse pequeno trauma, a relatos na internet que houveram suicídios depois dessa sessão no cinema. O como sentiram os prisioneiros do Holocausto na Grande guerra? Quando muito foram presos e torturados por soldados nazistas, ou quando a bomba atômica foi jogada nas cidades de Hiroshima e Nagasaki, como será que os habitantes sentiram naquele momento?



Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *