O nosso Lar




Em algum momento da sua vida, você  já parou e pensou por que estamos aqui? Na terra, no sistema solar, na galáxia ou nesse universo?. O por quê?? Tentamos a todo o custo buscar resposta para sanar a nossa dúvida, e infelizmente, penso que nunca chegaríamos a uma resposta definitiva ou consenso, porém contentamos com resposta simples e moldada. Qual o significado da minha existência nesse planeta tão minúsculo?




Vamos resgatar um pouco a nossa história, sabemos que a vida em nosso planeta é possível devido a presença da água e outros gazes, que outrora era impossível, devido as péssimas condições que tínhamos, alta temperatura, erupções exorbitantes, muitos gazes e sem água, mas com o passar do tempo (bilhões de anos) o nosso planeta começou a ter forma, claro que a gravidade é a principal responsável por esse formato. A anos atrás pensamos que a água da terra foi proveniente do processo de evaporação, mas hoje temos uma probabilidade de que a hidrografia terrestre foi formada por bombardeios de cometas,  devemos agradecer a interferência da gravidade de Júpiter por nos proteger dos enormes bombardeios que teríamos caso contrário, seria trágico!. Essa força gravitacional criou tudo que conhecemos: o sistema planetário, a forma arredondada dos planetas, das estrelas, galáxias, aglomerado de galáxias ou super-aglomerados  e tudo que conhecemos, o incrível é que o nosso planeta estar exatamente num lugar estratégico propício a vida.




Com o passar do tempo foram desenvolvidas várias teorias que explicasse a terra, universo e a existência humana. Uma das primeiras que  conhecemos é o Sistema Geocêntrico, sedimentada pelo trabalho de Ptolomeu, com recursos matemáticos, explicavam alguns movimentos não perfeitos. Segundo essa teoria: as estrelas, a lua e os outros planetas faziam os movimentos de translação e rotação em volta da terra, ou seja, a terra nesta época era o centro do Universo, parte dessa ideia se deu a influência de Aristóteles, embora astrônomo gregos antigos como: Aristarco de Santos, afirmasse que a terra girava em torno do Sol.




Galileu Galilei
Ptolomeu
Aristóteles

          




Nós que estudamos e lemos sabemos que as teorias não são eternas, não existe uma teoria absoluta ou imutável ,há inovação e avanço, quanto mais a humanidade cresce e produz tecnologia, mais conhecemos. A teoria Geocêntrica foi uma dessas que foi deixada pra traz devido a existência de outros pensamentos, a geocêntrica começou a fragmentar-se depois que Copérnico publicou a teoria Heliocêntrica no século XVI, segundo a qual o Sol era o centro do sistema, e a terra era o astro que giravam em torno dela. Pouco tempo depois, novidades tecnológicas, como: telescópio, permitiram que astrônomo (Galileu) discernir-se características transitória nos Céus, descobriram alguns planetas e várias peculiaridade como: as manchas solares, e as luas de Júpiter.




Ao passar do tempo as observações astronômicas foram se tornando mais precisas, descobriram que as estrelas estavam a distancias diferentes do nosso Sol e a ideia que elas eram “sois” distantes foram fortalecidas. Nesta mesma época a concepção de universo expandiu-se drasticamente e os estudiosos de época começaram a usar outras unidades para medir a distância, de forma que os números não tornasse demais para a manipulação de objetos distantes, foi assim que surgiu o conceito de ano-luz. O ano luz equivale a distância percorrida pela luz durante 1 ano. Transformando em números em km  1 ano-luz é o mesmo que 9.460.800.000.000 km, para se ter uma ideia a estrela que está próxima da terra é a Alpha Centauri, com 4,4 anos-luz, ou seja (4,4 x 9.460.800.000.000) estamos a uma distância de: 41.627.520.000.000 km, nossa! Demoraríamos 4,4 anos na velocidade da luz para chegarmos a Centauri,  esse número está além da minha compreensão.




Apesar que essa discussão seja apenas uma pequena parte dessa história temos uma minúscula compreensão da nossa existência e lugar no universo, e que devemos sempre estar refletindo sobre o nosso papel na terra, somo parte de tudo isso, a nossa essência é o Cosmo a natureza etc. Já deixo o Convite para nossa próxima postagem, daremos a continuação dessa fantástica história.




Facebook Comments

6 thoughts on “O nosso Lar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *