A sociedade global passou por inúmeras transformações em todos os setores que foram a nossa  sociedade

A sociedade global passou por inúmeras transformações em todos os setores que foram a nossa  sociedade, seja ela no âmbito social, político ou econômico e estas benfeitorias mais  comumente nos setores industriais, comércio, telecomunicação e transporte. A sociedade  começou a vivenciar uma época que a agilidade de da informação e produtos se tornou fonte de  eficácia e qualidade, assim chamamos estas características de “Mundo Globalizado” ou  pós-moderno em que os processos se darão em circulação de escala mundial e a comunicação.

  

Ao mesmo tempo, estamos vivendo a terceira Revolução Industrial resultante das fases  do capitalismo que encorpam as conjecturas do Sistema Capitalista. Outros processos que este  ensaio convida a refletir é a relação do Globalização-capitalismo com o meio ambiente, esses  conceitos são necessários, pois são apresentados por uma ideação positiva e necessária para a  população em geral e, em simultâneo, pensamos o quanto é importante refletir sobre as suas  propostas e para quem são realmente destinadas os seus benefícios.  

Após a década de 70 eventos: 1960 e 1980 com na baía de Minamata no Japão; em  Bhopal, na índia e o acidente na usina nuclear de Chernobyl, na União soviética que recobrem  a nossa memória e nos ensinam a pensar o quão problemático pode nos acometer; são fatos que  contribuíram para o aumento e os cuidados para com o meio ambiente e inicia-se outro processo  de gerenciamento ambiental proveniente o crescimento urbano acelerado. 




Nos últimos 100 anos tivemos um enorme salto populacional que acometeram outro  dinamismo distribuídos em todas as localidades do globo. E com isso tornaram o  consumo/compra de produtos necessários para a sobrevivência humana. O capitalismo gerou  uma grande publicidade incorporando um ideal de “preciso disso” para uso e compra de  produtos com ou sem necessidade de compra, com o aumento do ‘marketing’ gerou-se uma  grande problemática do gerenciamento dos resíduos, quando mais consome/compra mais  contribuem com a crise ambiental.  

Percebe-se que a falha é histórica e pode ser que o professor não tenta tanta culpa assim,  ele pode ser fator resultante da falha histórica, por não conseguir construir os conceitos, interdisciplinaridade, Meio Ambiente e Geografia não se pode esperar que ele tenha uma nova  postura, ele se tornará professor linear. Deveria haver uma nova reforma pedagógica e  incremento de novos saberes na educação superior? O problema está no Ensino Superior 

No Ensino A formulação de novos paradigmas irá convidar aos integrantes intelectuais  do ensino a pensar diferente, pode ser que a falha seja a forma que pensamos e agimos por ideais errôneos e falta de reflexão mais complexa, precisa de a teoria da complexidade ser  estuda nos âmbitos educacionais. Por que será que nós enquanto profissionais não estamos  questionamos os saberes que nos são concebidos nas universidades e pensamos jamais iríamos  desenvolver. 

Acesse:

http://escolaonline.praticandociencia.com.br/

Chamillo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

A Educação deve favorecer a aptidão natural da mente em formular e resolver problemas

dom maio 8 , 2022
A Construção do conhecimento interdisciplinar parte de ideais articulados. Proveniente do movimento de massas cinzentas encontrados toda a mágica de  proporção do saber, o ser humano deve desenvolver uma inteligência global, inserida nas  complexidades dos saberes biológicos. Na Obra sete saberes necessários à Educação do Futuro  Morin salientam-nos a pensar:   […]