Somos conjuntos de saberes com infinitas possibilidades de conhecimentos e reflexão

Parte dos discursos, somos seres semelhantes que carregamos visões de mundos enraizadas nas nossas vivências culturais, somos únicos apensar dessa forma humana, devemos fugir do posicionamento autoritário e arrogante que muitos o tem,  por estar em posição privilegiada na sala de aula. Jamais deveríamos aceitar questões como está em ambiente que proporcionam a construção do conhecimento, somos um conjunto de saberes e infinitas possibilidades de conhecimentos.

A Construção do conhecimento interdisciplinar parte de ideais que são articulados proveniente do movimento de massas cinzentas que serão encontrados toda a mágica de proporção do saber. Na obra cabeça Bem Feita, Edgar Morin discute em sua celebre obra que o ser humano por si já possui complexidade por natureza, ele totalmente biológico e totalmente cultural e, porque não um ser que só pode ser entendido e por questionamento interdisciplinar e vale salientar que nenhuma construção humana deveria ser construída




Se não houvesse o primeiro “movimento” do homem pré-histórico que se criou a primeira sinapse não teria evoluído em nada, não seriamos civilização, população ou comunidade, ou formaríamos cidades e outros ambientes. Sendo assim o homem na sua magnitude e essência humana desenvolve ferramentas, domestica os animais e “descobre” o fogo e este contribuiu para que tudo que conhecem desde a mais simples ferramenta até a maior complexidade, sem a descoberta do fogo não teríamos a possibilidade de evolução destaco que esta é a maior descoberta do homem em toda a consequência humana é oriunda da história humana ou natural.

Este Ensaio visa a reflexão da visão interdisciplinar e sua prática nos ensinos, motiva-nos a pensarmos nas coisas, entender o humano em vários vieses, enxergar as opiniões, reflexões e ideologias em vários pontos e analisar cuidadosamente cada detalhe, cada instante e pensamentos que somos cercados. Desenvolver a visão holística das coisas nos dar maiores parâmetros para enxergar os detalhes, analises em todas as circunstâncias de nossas vidas e a geografia se torna um viés prático e sem fim e todos os detalhes destacados neste em ensaio compactua com uma visão que deveríamos analisar em alto nível de complexidade.

A Geografia e a postura do professor compactuada com a visão da interdisciplinaridade amplia uma educação para a racionalidade, visando pensamentos de uma educação para o futuro não deveria apostar mais em consciência de nada, por que não funciona, racionalizar sim,  pensar em vários vieses e construir inúmeras possibilidades do conhecimento é a palavra  para qualquer construção do saber, não devemos está impregnado a pensar igualmente, mesmo por que nunca iriamos evoluir  as nossas faculdades mentais, não haveria sinapses, não construíamos a complexidade em sua essência.

Acesse: http://escolaonline.praticandociencia.com.br/

Chamillo

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

A História intensificou essa grande produção de Resíduos Sólidos

sáb maio 7 , 2022
A questão dos Resíduos Sólidos não é um tema que podemos afirmar com clareza que seja atual, mesmo porque o “resto” que cada ser humano produz, já era produzido em épocas remotas desde no momento que o humano já entrava em desenvolvimento de habilidades cognitivas, não é sabiamente interessante usar […]