Qual o título?




Sempre gostei de textos da Psicanálise de Freud  a cada parágrafo me faz refletir sobre o que sou, o quanto nós somos frágis enquanto pessoas, muitas das vezes somos seres que vê o outro e não a si mesmo, é o que acontece quando nos deparamosmos no Brasil atual, sou melhor/pior do que você porquê? Por isso que leio enquando posso textos da psicanálise, pois o  Freud me ensinou a olhar para mim e me enxergar como sujeito, me faz compreender que não somos perfeitos enquanto formos humanos, o Freud não foi perfeito, eu não sou perfeito!

Quando a psicanálise do Freud me faz refletir que muitas das vezes o apontamento ao outro é reflexo daquilo que somos e não aceitamos, o que nós condenamos em nós mesmos,  deu para perceber que isso reflete MORAL, mas isso que acontece ao apontar, isso que a psicanálise me faz refletir enquanto conhecedor de mim mesmo, ou tento pelo menos, podemos até comparar com a própria filosofia clássica ou a escola alemã do Nietzsche, quando os mesmos faz-me refletir sobre os padrões de vida e/ou idolos que configuramos como ideiais em nossas vidas, ou até mesmo questionar a Ética e Moral na sociedade atual, a Ética e Moral está configurada nos padrões ideias de vida e nossos ídolos que escolhemos a seguir.Penso que a nossa sociedade está carente de alguns principios que esquecemos como ideias na formulação do pensamento que configura a sociedade.




Por que toquei nesse ponto curcial? nada equivale uma manifestação em todos os sentidos se ela não tiver valores agregados,  manifestamos, criticamos ou gritamos por qual sentido? não adianta dizer que somos éticos se nós não somos, com as pequenas coisas, não adianta dizer que o outro erra se você erra mais e não percebe, não adianta dizer que o outro é ruim se você não percebe a maldade que estar escondida em você, não adianta dizer que é bom e seus atos não refletir algo bom no outro, não adianta fazer uma leitura de filosfia e psicanálise se isso não mudar ou transformar a sua vida e as dos outros ao seus redor, por isso digo que sou um ser com imperfeição, penso que nunca chegaria ao contrário disso, isso não quer dizer que sou pessimista ou que estou com tristeza em demasia, mas por conhecer a mim mesmo, penso que conheco, mas tendo ser um pouco melhor a cada dia. O Freud e Nietzsche contribuíram para levar a esse texto, certo ou errado foi isso que compreendi. É  pensamento que está solto na sociedade atual, não adianta dizer que é a favor da manifestação para a “PAZ” se as nossas atitudes não refletir em algo que a contribua ou que esse texto esteja certo, pois ao lê-lo você irá julga-lo através da suas concepcões e suas verdades.




Viver bem e tranquilo e ético é algo que damanda muito tempo e é estremamente difÍcil, não procure felicidade, ser feliz é algo totamente diferente. A aceitação daquilo que a sociedade impõe é você aceitar aquilo que está concretizado nos padrões éticos, tipo uma verdade absoluta que todos nos faz acreditar, como a mídia por exemplo: os filmes e series, mas não quero izer que devemos aceitar, pois a Moral que é regida pelos os valores dos principios que está dentro de você e que construímos durante a minha joranada de vida, me força a não aceitar aquilo que a sociedade ou ou a mídia me mostra, penso que a política deveria enxergar, a filosofia tenta mostrar o caminho, não quero dizer que a filosofia está correta, mas ela me impulsiona a seguir o que é correto pra mim.




Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *